Agendamento de consulta | Fale conosco | Localização
Especialidades
Nutrição

Como é a consulta

1º Encontro:
• Anamnese alimentar
• Avaliação clínica
• Avaliação antropométrica
• Determinação das necessidades nutricionais
• Estabelecimento de metas e objetivos
• Breve introdução sobre reeducação alimentar com materiais explicativos e ilustrativos
• Agendamento da data de entrega do plano alimentar

2º Encontro:
• Feed-back sobre primeiro encontro e reeducação alimentar
• Apresentação detalhada do plano alimentar e lista de substituição
• Orientações sobre hábitos de vida indispensáveis para a adesão e sucesso do tratamento
• Esclarecimentos de dúvidas
• Agendamento do retorno

3º Encontro:
• 20-30 dias
• Avaliação física
• Feedback sobre adesão ao plano alimentar
• Esclarecimento de dúvidas
• Definição do acompanhamento nutricional

 

Nutrição X Doenças Cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morbidade e mortalidade no Brasil e no mundo ocidental. Muitas vezes as pessoas independentemente de faixa etária, cultural e social não se dão conta como os hábitos alimentares inadequados podem influenciar de forma negativa na prevenção ou tratamento dessas doenças, assim como os fatores de risco cardiovasculares: diabetes, hipertensão, obesidade e dislipidemias (aumento de gordura no sangue, principalmente do colesterol e dos triglicerídeos). As mudanças na alimentação são necessárias, por isso um acompanhamento nutricional é indicado como parte fundamental para o sucesso no controle de doenças associadas ao coração. Com ajuda de um profissional especializado, será mais fácil e prazeroso alcançar os resultados desejados.

Saiba mais:

Hipertensão

Mais conhecida como pressão alta, a hipertensão pode causar infarto do miocárdio ou derrame cerebral; o perigo é ainda maior quando está associada a outros fatores de risco, tais como o fumo ou o colesterol elevado.

A pressão arterial pode ser controlada por meio de uma dieta adequada, diminuindo-se a quantidade de sal empregada no preparo dos alimentos, pela prática de exercícios moderados ou com o auxílio de medicamentos. Na maioria das vezes, o aumento da pressão arterial não é perceptível, mas as conseqüências da hipertensão podem ser desastrosas. Fique de olho e controle sua pressão.

Diabetes

Diabetes é uma doença caracterizada pelo aumento desordenado de açúcar no sangue. Os sintomas geralmente estão associados ao aumento do volume urinário, sede e ingestão de líquidos aumentada e apetite elevado. Uma dieta adequada deve ser considerada para pessoas com diabetes para melhor controle da doença. É necessário conhecer os alimentos, suas características, seu valor calórico e saber selecioná-los quando for comer em casa ou fora de casa. O consumo de açúcar, carboidrato simples e bebidas alcoólicas devem ser evitados. Os alimentos integrais e frutas devem ser usados com moderação, pois também contem açúcar em sua composição.

Obesidade

A obesidade tem sido relatada como fator de risco para o desenvolvimento de várias comorbidades como hipertensão, dislipidemia, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, hepatopatias, problemas respiratórios e câncer. Preparações elaboradas, ricas em gordura saturada, fast-foods e açúcares em geral devem ser consumidos com moderação. Alimentos como frutas, cereais integrais, legumes e verduras, carnes magras devem ser presentes no cardápio diário. Mantenha seu peso saudável.

Colesterol

A redução dos níveis de colesterol sanguíneo já foi consagrada como uma intervenção eficaz para reduzir taxas de morbidade e mortalidade por doença arterial coronariana (DAC).

Nesse caso, diminuir o consumo de alimentos que contenham gordura saturada é a melhor solução.

Procure substituir as carnes e o leite e seus derivados por alimentos ricos em fibras, tais como farelos, frutas, verduras e legumes.

 

« Voltar

Cardio Life · Clínica Cardiológica · 47 3363.4401